Receita de Crepes de Beterraba Fit

Crepes de beterraba fit

Está a chegar o dia dos namorados e com isso, receitas boas, coloridas e bem gulosas. E para esse dia tão celebrado pelo mundo fora, trago-vos uma receita de crepes de beterraba fit.

É isso mesmo, juntar o melhor pequeno almoço a uma receita bem fit, que vos vai deliciar neste dia. Ponham os namorados todos a ler este post, para terem uma bela surpresa logo pela manhã! É o presente ideal para o dia dos namorados.

Ou por outro lado, ponham as namoradas todas a ver estes crepes de beterraba fit, para que vos preparem um pequeno almoço em grande.

Afinal de contas, quem é que não gosta de um bom pequeno almoço servido na cama, uma vez por outra?! Eu cá adoro, por mais clichê que seja.

E este é fácil, rápido, económico e é muito romântico! Admitam lá que até gostavam…

Confesso que não adoro o dia em si, não é uma data que me diga muito e não gosto de tentar fazer algum programa e estar sempre tudo super cheio. Mas uma surpresa destas pode ser feita dentro de casa, num espaço nosso e sem a confusão tão típica deste dia.

Aliás, esta receita de crepes de beterraba fit não tem de ser feita apenas no dia dos namorados, não é verdade?! Qualquer altura do ano é boa para uma pequena surpresa como esta.

Uma gulodice bem boa e sobretudo saudável, para os melhores momentos a dois (ou a três, ou a quatro, ou a cinco…).

 

Para mais receitas com beterraba, vejam a Receita de Panquecas de Beterraba.

 

Mas estamos aqui com tanta conversa, e como é que se fazem estes crepes tão maravilhosos e tão fit?

Bom, são bastante simples na verdade. Já sabem que eu cá gosto é de receitas bem fáceis e rápidas, sem grandes complicações!

Basta cozer uma beterraba, triturá-la e juntar aos restantes ingredientes: farinha, leite, ovos, sal e azeite.

Depois, é só misturar tudo muito bem ou bater na liquidificadora. E tchanan, uns crepes maravilhosos, super coloridos e saborosos, feitos em poucos minutos. Uma receita para arrasar!

A massa fica bem líquida, para que consigam a consistência ideal para os crepes: macios e fofos, com as pontas meio crocantes, a fazer crac crac.

A cor rosada destes crepes fica também fantástica e é perfeita para este dia em que se festeja o amor!

Crepes de beterraba fit com mel

 

Bora lá à receita completa, passo a passo?

 

RECEITA DE CREPES DE BETERRABA FIT (cerca de 6/7 crepes):

  • 1 beterraba pequena
  • 1/2 copo de farinha de arroz
  • 1 copo de leite (ou bebida vegetal da vossa preferência)
  • 2 ovos
  • Sal q.b.
  • Azeite q.b.
  1. Comecem por descascar a beterraba e cortem-na em quartos, ou em pedaços mais pequenos.
  2. Coloquem a beterraba previamente cortada numa panela com água e levem ao lume alto. Deixem que coza, até que fique mole.
  3. Retirem a beterraba da panela e ponham-na numa liquidificadora e triturem por uns 2 min, até que fique uma espécie pasta.
  4. Juntem a farinha de arroz e voltem a triturar por aproximadamente 1 min.
  5. Adicionem o leite (ou a bebida vegetal) e os ovos.
  6. Coloquem ainda uma pitada de sal e o azeite.
  7. Liguem a liquidificadora na potência máxima e triturem a mistura por mais ou menos 2 min.
  8. Coloquem uma frigideira em lume bem quente e deitem uma concha da mistura anterior.
  9. Deixem que os crepes cozinhem por 1 ou 2 min e virem o crepe com a ajuda de uma espátula, para que cozinhe durante mais 1 min.
  10. Repitam o processo até acabar a massa.
  11. O vosso crepe de beterraba fit está pronto a servir.

Sugestão: Podem comprar a farinha de arroz no supermercado ou numa loja de produtos biológicos ou naturais, que hoje em dia já existe imensa variedade. Se forem como eu, fazem a vossa própria farinha de arroz: basta triturar o arroz num robot de cozinha, na velocidade máxima, até que fique com a consistência certa.

Coloquem os toppings que mais gostarem, desde mel e coco, a fruta ou frutos secos.

Se preferirem, podem ainda usar estes crepes para fazer uma receita salgada (com queijo ou com húmus, fica tão bom!).

Outra ideia é experimentarem fazer a massa com outros legumes, como por exemplo, espinafres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreve a Newsletter para receberes o meu eBook