Receita de Panquecas de Beterraba

Panquecas de Beterraba

Toda a gente sabe que eu adoro inventar receitas novas e usar ingredientes diferentes. E estas Receita de Panquecas de Beterraba não é excepção.

Já há muito tempo que as faço, mas só agora decidi colocar a receita no blog… Não sei bem porquê, mas às vezes há coisas que não têm explicação, não é?

Desde que as comecei a fazer (e sim, houve muitas tentativas falhadas de panquecas que sabiam mais a terra do que outra coisa qualquer!) que me perguntam coisas so estilo: “Mas não sabem mal?”; “Sabem a terra?”; “Tens a certeza que isso é bom?” ou me dizem “Não sei como é que consegues comer isso!”…

Mas fica desde já assente que já acertei a receita, são óptimas e não, não sabem a terra, nem sabem mal, nem são estranhas! Na minha opinião, são óptimas e se adoçadas correctamente, nem se nota que são de beterraba (e correctamente não significa quilos de açúcar!).

Estas panquecas de beterraba são perfeitas para quem quer comer mais legumes ou simplemente para quem quer ter uma vida mais saudável, sem comprometer refeições boas e cheias de sabor.

Além disso, como eu estou sempre a dizer, os olhos também comem e sejamos sinceros, as panquecas de beterraba têm um aspecto MARAVILHOSO!

 

Querem outra sugestão com beterraba? Vejam esta receita de Beetroot Crepes for Breakfast.

 

Panquecas de Beterraba 2

 

Vamos à receita?

RECEITA DE PANQUECAS DE BETERRABA:

INGREDIENTES:

  • 1 beterraba pequena cozida
  • 2 cups de farinha de espelta
  • 1 cup de bebida vegetal de aveia Joya
  • 2 ovos
  • 1 cup de açúcar de coco ou mel
  • 2 c. chá de óleo de coco
  • 1 c. chá de fermento seco
  • 1 c. café de bicarbonato de sódio
  • 1 pitada de sal
  • 3 c. de sopa de iogurte natural grego (não tem de ser obrigatoriamente grego, mas o grego é um pouco mais cremoso)
  • 1 punho de frutos vermelhos congelados
  • 3 ou 4 framboesas frescas para decorar
  • Geleia de Coco Origens Bio q.b.
  • Sementes de papoila q.b.

MODO DE PREPARAÇÃO:

  1. Comecem por cozer a beterraba até que fique mole. Eu cozi em água, mas se cozerem a vapor ainda fica melhor.
  2. Retirem a a beterraba da água, escorram e deixem esfriar.
  3. Assim que estiver fria, esmaguem bem para que fique tipo puré e coloquem numa tigela.
  4. Juntem os ovos, o sal e o açúcar de coco (ou o mel) e batam bem com uma vara de arames ou com uma liquidificadora.
  5. Adicionem a farinha de espelta e envolva bem.
  6. Vertam o leite de aveia, devagar, e misturem de forma a que não fiquem grumos na massa.
  7. Coloquem o óleo de coco e voltem a envolver bem. Caso o óleo de coco esteja sólido, podem aquecer um pouco no microondas, para que fique mole. Desta forma é mais fácil de incorporar é um processo normal, uma vez que o óleo de coco solidifica com muita facilidade.
  8. Coloquem ainda o fermento e o bicarbonato de sódio e envolvam bem na mistura anterior, para que fiquem uniformemente incorporados na mistura.
  9. Numa frigideira já quente (de preferência antiaderente), deitem conchas de massa, de modo a fazer a forma normal de uma panqueca, ou seja, um círculo.
  10. Deixem cozer cerca de 2 minutos de cada lado e repitam o processo até que se acabe a massa.
  11. Coloquem as panquecas num prato e preparem o topping.
  12. Coloquem por cima das panquecas, um fio de geleia de coco.
  13. Numa liquidificadora, coloquem o iogurte grago e os frutos vermelhos congelados e triturem até que se forme uma mistura homogénea. Podem adoçar um pouco com mel, geleia de coco ou com açúcar de coco se quiserem, mas não é necessário.
  14. Coloquem a mistura de iogurte por cima das panquecas, polvilhem com um pouco de sementes de papoila e decorem com algumas framboesas frescas por cima.
  15. Sirvam e deliciem-se!

 

Sugestão: Em vez de usarem iogurte, podem experimentar utilizar queijo quark.

Se não tiverem frutos vermelhos congelados, utilizem outras frutas. Puré de maçã é uma boa solução.

Coloquem por cima outras frutas que gostem, sejam outros frutos vermelhos ou frutas que tenham em casa, como por exemplo, maçã, laranja, kiwi.

Podem polvilhar com coco ralado ou com lascas de coco.

 

Panquecas de Beterraba 3

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreve a Newsletter para receberes o meu eBook